A Cannabis sativa é uma planta que por muito tempo foi conhecida por ser uma droga de abuso, mas recentemente tem levantado um alto interesse cientifico pelo seu potencial terapêutico, já tendo fortes indicios de ser eficaz no tratamento de algumas doenças e agora atuando na amenização de dor.

Pesquisas recentes têm mostrado que os terpenos (substâncias responsável pelo aroma e sabor da planta) da Cannabis pode surgir como um novo alvo promissor das terapias contra a dor, reduzindo as doses utilizadas e os efeitos colaterais.

Os terpenos agem ativando os receptores de canabidióides, de maneira semelhante ao THC, esses receptores ativam os neurônios que afetam processos fisiológicos e comportamento do individuo. Em testes comportamentais, com animais, mostraram que quando os terpenos eram administrados o animal apresentava uma menor sensibilidade a dor, sensação de dor reduzida e quando essa administração de terpeno era combinada com WIN55,212-2 (canabidióide sintético) foi visto uma redução ainda maior na sensação de dor, quando comparado a individuos que receberam somente a administração de terpenos ou só a de WIN55,212-2.

É importante deixar claro que este estudo ainda está em sua fase inicial e ainda são necessários vários outros estudos que corroborem com este resultado para que este resultado seja realmente eficaz, portanto vamos esperar por estes novos estudos para que possamos ter uma melhor idéia da sua real eficácia.

Referência: 

LaVigne, J. E., Hecksel, R., Keresztes, A., & Streicher, J. M. (2021). Cannabis sativa terpenes are cannabimimetic and selectively enhance cannabinoid activity. Scientific reports11(1), 1-15.

neurosciencegrrl brainsupport Brainsupport.co BrainLatam Neuroinsight logo iamChurch theneurosoft